Covid-19 – A DGS recomenda de que mantenha a sua casa limpa e desinfetada

Recomendações gerais

  • A limpeza húmida é sempre preferível, à limpeza a seco;
  • Utilizar somente aspiradores que estejam equipados com filtros HEPA, deverá ser priorizada a limpeza húmida ou a utilização da aspiração central;
  • Por segurança do colaborador começar por limpar e desinfetar as torneiras;
  • Limpar as superfícies de cima para baixo e no sentido das áreas mais limpas para as mais sujas; 
  • Usar panos de limpeza respeitando o código de 4 cores para cada área;
  • Para lavar as superfícies: pode usar-se detergentes de uso comum;
  • Para desinfecção de superfícies: a Organização Mundial de Saúde (OMS) aconselha o uso de lixívia, e álcool a 70º, soluções detergentes com desinfetante na composição (efeito 2 em 1), quer em apresentação de spray, líquida ou outra ;
  • Em cada divisão limpar e desinfectar interruptores, puxadores dos armários e das portas;
  • Depois de limpar cada divisão, abrir as janelas da área e deixar secar ao ar.

Mudança de roupa dos quartos

  • Ao remover a roupa de cama e atoalhados não agitar a roupa de cama
  • Retirá-la sem a sacudir, enrolando-a no sentido de dentro para fora, fazendo um “embrulho”;
  • Não encostar a roupa ao corpo;
  • Transportar as roupas e colocar diretamente na máquina de lavar;
  • A roupa deve ser lavada à temperatura mais alta que puder suportar;
  • Lavar imediatamente as mãos e verificar os EPI’s, se aplicável.

Na cozinha

  • Por segurança, começar por limpar e desinfetar a torneira;
  • lavar as louças na máquina a temperatura elevada; 
  • limpar e desinfetar armários, bancadas, mesa e cadeiras;
  • desinfetar os puxadores dos armários e das portas; 
  • Limpar paredes até à altura do braço;
  • Limpar o mobiliário;
  • limpar desinfetar novamente a torneira, o lavatório e o ralo;
  • limpar pavimento;
  • abrir as janelas da área e deixar secar ao ar.

Casas de banho

  • Por segurança, começar pelas torneiras, lavatórios e ralos destes, passar depois ao mobiliário, de seguida a banheira ou chuveiro, sanita e bidé;
  • Sanita: aplicar o produto que tem a função de detergente e desinfetante em simultâneo, no interior e exterior da sanita; deixar atuar o produto durante 10 minutos para que faça o efeito desejado, esfregar bem por dentro com o piaçaba, descarregar a água com o piaçaba ainda dentro da sanita para que este também fique limpo; pôr o piaçaba a escorrer; lavar e desinfetar o suporte do piaçaba. Com outro pano limpo de uso único, lavar a parte externa da sanita, começando pelo tampo (o menos sujo), seguindo-se a parte de cima da sanita e todas as partes exteriores com o mesmo detergente/desinfetante; passar depois só com água quente e deixar secar;
  • Limpar novamente torneiras, lavatórios e ralos;
  • Por fim, lavar o chão das instalações;
  • Abrir as janelas da área e deixar secar ao ar.

 Procedimentos de desinfeção

  • Se há presença de sangue, secreções respiratórias ou outros líquidos orgânicos, absorver os líquidos com papel absorvente; aplicar a lixívia diluída em água na proporção de uma medida de lixívia, para 9 medidas iguais de água; deixar atuar durante 10 minutos; passar o local com água e detergente; enxaguar só com água quente e deixar secar ao ar, abrir as janelas para ventilação do espaço.

  • Para a desinfeção comum de superfícies: lavar primeiro com água e detergente; aplicar a lixívia diluída em água na seguinte proporção: uma medida de lixívia em 49 medidas iguais de água; deixar atuar a lixívia durante 10 minutos; enxaguar apenas com água quente e deixar secar ao ar;

  • As instalações sanitárias devem ser lavadas e desinfetadas com um produto de limpeza misto que contenha em simultâneo detergente e desinfetante na composição, por ser de mais fácil e rápida aplicação e ação